As tendências arquitetônicas para 2020 e 2021 têm uma coisa em comum: o compromisso com o desenvolvimento sustentável e a arquitetura sustentável. A sociedade em geral está evoluindo em direção ao compromisso ambiental e às tendências arquitetônicas, como uma manifestação social também. 

O uso de materiais recicláveis, edifícios auto-suficientes e instalações de todos os tipos que respeitam o planeta estão se tornando mais frequentes. Mas há mais tendências na arquitetura que lhe vamos te mostrar agora.

1. Estilo industrial na arquitetura habitacional 

É definido por formas assimétricas na construção, tanto em edifícios residenciais quanto em outras infra-estruturas urbanas. É caracterizada pela combinação de ferro, madeira, alumínio e até plástico reciclado, o que significa uma redução nos custos de construção. Linhas simples e ausência de elementos de superfície também são características do estilo industrial.

2. Automação e residências inteligentes 

É uma tendência ascendente, tanto para novos edifícios quanto para edifícios reabilitados. Os sistemas automatizados são cada vez mais procurados para controlar a temperatura, luz ou segurança das residências. Um edifício inteligente oferece aos seus usuários maior conforto e reduz as contas de consumo. A arquitetura domótica é um reflexo da consciência social para o cuidado do meio ambiente e a necessidade de consumir o que é certo.

3. Espaços abertos e polivalentes 

O compromisso de integrar diferentes áreas da casa para criar ambientes diáfanos e polivalentes está se tornando mais claro. Esta solução permitirá que você desfrute de mais metros, o que você ganha com as paredes divisórias e espaços muito práticos para toda a família. Use materiais de construção que sirvam de elo entre as salas e decorem a sala inteira de maneira consistente, para ganhar espaço e luz.

4. A cozinha é o novo protagonista… 

A cozinha tem sido tradicionalmente a estadia mais vivida na casa. Nele preparamos comida e, em muitas ocasiões, a família se reúne para comer. Mas também é o lugar favorito para as crianças brincarem ou para os convidados tomarem um aperitivo. 

5. e o banheiro é um espaço de relaxamento 

O banheiro não é mais apenas o espaço dedicado aos cuidados pessoais. Agora, essa estadia é entendida como o lugar para relaxar após um dia de trabalho duro. Onde desconectar do lado de fora para se reconectar durante um banho que liberará nossas tensões. E tudo isso graças ao design e decoração.

6. Protagonismo de pisos e paredes 

Esses elementos decorativos adquirem maior destaque nas tendências arquitetônicas de 2020. Os revestimentos com azulejos de qualidade que imitam diferentes materiais são impostos por sua funcionalidade.

7. Combinações arriscadas 

O mercado oferece uma variedade de estilos e cores em todos os materiais de construção que dificulta a escolha de uma única opção. É por isso que neste ano os espaços com uma infinidade de formas e materiais serão tendências, combinados adequadamente.

8. Branco, sempre branco 

O branco em suas diferentes tonalidades continua sendo o protagonista do design de interiores, sozinho ou combinado com outras cores, como preto, mostarda ou cinza. Nos revestimentos de paredes e pisos, fornece luminosidade aos quartos e os expande visualmente. Além disso, reflete toda a luz recebida, portanto, é recomendado no caso de salas escuras ou internas. Utilizado em sua medida adequada, por exemplo, em azulejos

9. Reformar, reabilitar, remodelar 

O princípio de alcançar os melhores resultados minimizando as obras é uma tendência em 2020. A reabilitação de prédios antigos e históricos em muitos casos, para dar a eles uma nova utilidade é um processo que temos observado em nossa cidades por vários anos.

Também a reforma das casas para adaptá-las às novas demandas sociais e dotá-las de maior conforto. Essas ações têm a vantagem de um custo econômico menor do que a construção do zero da casa ou prédio

10. O novo minimalismo 

A tendência para o minimalismo na arquitetura se traduz em um compromisso com formas simples usando materiais modernos e de vanguarda. Os projetos de contrato são altamente exigidos para residências e hotéis, bem como para edifícios de escritórios e shopping centers. É uma tendência a usar materiais de qualidade para garantir isolamento térmico e acústico que resultará em economia e benefício ambiental. 

11. O conceito de contrato 

Este conceito inovador cria ambientes de trabalho inovadores através de espaços abertos, transparentes e transparentes. De acordo com a nova metodologia de trabalho, que defende a colaboração e o trabalho em equipe, os escritórios são concebidos como espaços em constante mudança que podem ser adaptados a qualquer momento às necessidades dos usuários. O conceito de contrato é transferido para as casas para criar espaços multifuncionais sem paredes divisórias entre algumas salas e com salas limitadas por paredes de vidro.

12. Aproveite o ar livre o ano todo 

Os terraços e varandas podem ser apreciados durante todo o ano, se você os condicionar adequadamente. Eles são uma tendência em gabinetes de vidro de arquitetura sem perfis, as chamadas cortinas de vidro, que permitem abrir totalmente o espaço quando o bom tempo chegar. Se você tem um espaço ao ar livre, por menor que seja, pode colocar fogões móveis para combater o frio. 

13. Menos ruído, mais luz

O ruído é um poluente ao qual estamos expostos dentro e fora de nossas casas. É por isso que mais e mais projetos de arquitetura são realizados com esse incômodo em mente, usando distribuições e materiais que minimizam o ruído dentro dos edifícios.

Ao mesmo tempo, a tecnologia arquitetônica é desenvolvida para que os edifícios aproveitem a luz natural que recebem do sol. E, ao mesmo tempo, há tendências que integram a iluminação artificial da maneira mais natural possível, seja com focos roubados entre os móveis ou na forma de luz quente indireta.

14. Testes com novos métodos construtivos 

Durante o ano de 2020, conheceremos alguns dos resultados da experimentação com novos sistemas de construção.

15. Casas passivas 

O que surgiu como uma tendência na arquitetura, a casa passiva, tornou-se uma filosofia de vida e uma maneira de entender como o relacionamento com o meio ambiente deve se desenvolver. O projeto arquitetônico nessas residências tem o objetivo principal de usar os recursos disponíveis, maximizando a economia de energia. Assim, as casas passivas não apenas salvam seus proprietários, mas também contribuem para melhorar a saúde e a qualidade de vida daqueles que as habitam. 

A preocupação com o meio ambiente e o compromisso com seus cuidados são aspectos sociais que se refletem nas tendências arquitetônicas de 2020. O uso de materiais menos poluentes e edifícios sustentáveis é cada vez mais um objetivo de indivíduos e administrações públicas na construção de edifícios. Essas quinze tendências arquitetônicas influenciarão o estilo, o design e a decoração das casas e edifícios dos próximos anos.